quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

As mulheres....

As mulheres são bichos estranhos.
E eu sou obrigada a concordar. Sou defensora das minhas semelhantes, mas a realidade é que há umas mais semelhantes que outras. Na verdade, acho que os cérebros das mulheres devem ter muito mais mistérios a descodificar do que o dos homens. A mulher é um ser interessante do ponto de vista psicológico devido à sua complexidade, mas é também um ser que dificilmente se atura durante muito tempo se se arma em complexa demais! Até para mim, que sou orgulhosamente mulher, é complicado aturá-las.
As mulheres (e vou fazer outra coisa que também não é meu costume, generalizar) parecem, na maior parte das situações, ficar afectadas com o papel preponderante dos homens ao longo dos séculos. Parecem esquecer-se que também nós, mulheres, temos feitos notáveis na história desde apoiar as maiores guerras a queimar sotiens e decidir que mini-saia é um fato de guerra tão confortável como outro qualquer.
As mulheres adoptam a estratégia "para se ser boa tem que se ser má" e esta quase nunca apresenta resultados positivos. Em vez de se remeterem à sua importância para a humanidade e ignorarem comentários machistas, levam a sua condição tão a sério que chegam ao ponto de serem atrofiadas e quebram alianças com as suas semelhantes. Até com as melhores aliadas que tinham!
As mulheres têm necessidade de mostrar que são melhores que os homens, mas essa fase já está ultrapassada comparativamente à necessidade de se mostrarem melhores que as próprias mulheres. No fundo, as mulheres são umas cabras!
Quase todas invejam a roupa nova da amiga, o penteado, o marido, o trabalho, o carro. o anel, o ordenado... É uma competição estúpida e constante que tem de ser terminada.

Eu, mulher, declaro que jamais me renderei à mesquinhes adjacente ao meu género e serei sempre, primeiramente e principalmente ser humano, e só depois mulher. Recuso-me determinantemente a ser uma cabra, das que faz festas com uma mão e esfaqueia com a outra, salvo raras excepções... como boa mulher que sou.

4 comentários:

Teté disse...

Minhas, sao as tuas palavras...

po *** cos ******!

=P
*

Mafalda Soares disse...

Há Mulheres e mulheres. As Mulheres sabem o que querem, vivem a sua feminilidade não em função da masculinidade dos homens, mas complementando-a. Há um equilíbrio entre géneros, o que é saudável e benéfico para ambas as partes. As Mulheres não são mesquinhas, são inteligentes e perspicazes. As Mulheres falam de temas actuais e interessantes. As Mulheres não se rendem às evidências, lutam pela vida e pelos seus objectivos...
As mulheres... Bem, exactamente o contrário do que foi dito... Exemplos? Há tantos por aí...


Somos M's com M's maiúsculos =) *

Cão Com Pulgas disse...

Vou comentar com uma expressão só minha e que continuo a usar todos os dias: "Cadelas são todas, com pulgas só algumas..."

MaryGreen disse...

Sabes uma coisa?
Adorei..e é tudo verdade!

Eu tb me recuso!


beijuu minha
Isa =)